Paramount – O Retorno Nostálgico

O dia 06/12/2018 marcou a volta, após um ano de hiato, de um dos estúdios mais tradicionais de Hollywood, a Paramount a CCXP, trazendo conteúdos exclusivos de “Bumblebee“, “Cemitério Maldito” e também um trailer especial de “Rocketman“. Nós, da Overview estivemos lá para contar tudo o que rolou pra vocês.

(Foto do Painel da Paramaunt com o convidado especial Lorenzo di Bonaventura)

De volta ao evento, no auditório Cinemark, a Paramount realizou uma apresentação bem objetiva, com um planejamento de garantir o sucesso dos seus  próximos filmes e novas franquias, já que nos últimos anos, o estúdio colecionou alguns fracassos e como  principal fórmula para o sucesso, seria apostar na nostalgia do público com marcas e produções já conhecidas por todos que ganharam filmes novos com perspectivas muito diferentes.

A primeira novidade mostrada no painel foi um vídeo do diretor Dexter Fletcher dando uma introdução ao filme “Rocketman”, cinebiografia da carreira de Elton Jonh, e ao mesmo tempo, mostrou ao público a voz do  ator Taron Egerton, que irá interpretar o ícone inglês nos cinemas, cantando brilhantemente “Dont’t Let the Sun Go Down On Me”mostrando que está totalmente preparado para o papel.

(Foto: Rocketman)

Após o primeiro trailer do dia, foi apresentado a platéia o produtor e um dos nomes mais importantes de Hollywood  Lorenzo di Bonaventura, um dos maiores responsáveis pela volta de “Transformers” aos cinemas, chegou como um dos principais convidados do evento e realizou  uma pequena entrevista sobre os lançamentos dos remakes “Cemitério Maldito” e “Bumblebee”. Duas produções que fizeram sucesso nos anos 80 e se tornaram as grandes apostas para atrair o público nos próximos anos. Logo após a apresentação do principal convidado , o segundo trailer do auditório foi “Cemitério Maldito”, a mais nova adaptação do livro de terror escrito por Stephen King e também dirigida por Lorenzo, que chegou a declarar: “É uma história pequena com um pequeno cenário, mas com um tema muito grande e complexo” e “Parecia a hora cera para explorar a história novamente”.

(Foto: Cemitério Maldito)

Porém, mesmo os dois filmes contendo a participação do produtor, o foco maior era com o novo filme de “Bumblebee”, que inclusive, trouxe a participação de Guilherme Briggs e Paolla Oliveira, ambos participaram da dublagem do longa-metragem e também fizeram parte da conversa e deram suas opiniões sobre o novo filme da saga dos Autobots e falaram sobre o novo momento da franquia nos cinemas, que buscou ouvir mais os fãs e  se tornar o mais fiel possível a animação dos anos 80, mas ao mesmo tempo, continuar com os efeitos visuais que marcaram os outros filmes.

(Foto: Bumblebee)

Os dubladores Guilherme Brigs e Paolla Olivera faziam diversos elogios ao novo filme, mas sem entregar muito da história, é claro. Paolla destacou também o empoderamento feminino de sua personagem, uma vilã Decepticon e o que se apaixonou ainda mais pela nova franquia. Brigs, por sua vez, defendeu muito a proposta nostálgica e o quanto foi emocionante para ele dublar Optimus Prime mais “similar” ao desenho dos anos 80 e o quanto isso pode agradar aos fãs mais antigos da franquia.

(Foto: Decepticons - Personagem Dublada por Paolla Oliveira no canto inferior direito)

A apresentação da Paramount demonstrou o direcionamento maior da empresa em direção á nostalgia, por ser um tendência atual no Cinema e encerrou a apresentação com uma vinheta especial com seus futuros projetos com marcas e produções já conhecidas por todos, como: “Sonic“, “Bob Esponja“, G. I. Joe“, “Clinfford“, “Dungeons and Dragons“, “Dora a Aventureira“, “Top Gun” e “Maverick“.

Lançamentos, Notícias